AMPLIAÇÃO DA JORNADA E A GESTÃO DO TRABALHO ESCOLAR: o Programa Mais Educação em Duque de Caxias

Regis Coelho Argüelles da Costa

Resumo


Desde meados de 1990, reformas educacionais determinam inflexões na gestão do trabalho docente. O objetivo geral desse artigo é contribuir para a compreensão dos rebatimentos dessas políticas na gestão do trabalho escolar docente, ao nível da rede escolar municipal. Para tanto, analisamos a implantação e gestão do Programa Mais Educação (PME) na Secretaria Municipal de Educação de Duque de Caxias, município da Baixada Fluminense. Dentre as características do PME sublinhamos a exigência de ações capazes de integrar instituições locais e federais. Quais são as tensões, adaptações e as inovações provocadas pelo PME na gestão do trabalho docente? Concluímos que a implantação e gestão em “rede” da política não se concretizou no município de Duque de Caxias. Em seu lugar, observamos a manutenção de práticas meramente fiscais, que remetem aos modelos burocráticos e centralizadores de gestão da educação pública.


Palavras-chave


Estado e Políticas Públicas; Sociologia do Trabalho; Trabalho e Educação

Texto completo:

PDF

Referências


BRANCO, Veronica e GUIMARÃES, Sandra. A construção da educação integral e a formação continuada de professores alfabetizadores no Município de Porecatu – Paraná. In: COELHO, Lígia Martha (org.). Educação integral: história, políticas e práticas. Rio de Janeiro: Rovelle, 2013, p. 155-172.

BRASIL. Lei n. 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 23 dez. 1996.

BRASIL. Portaria Interministerial n. 17, de 20 de abril de 2007. Institui o Programa Mais Educação. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 24 abr. 2007.

________. Decreto nº 6.094, de 24 de abril de 2007. Dispõe sobre implantação do Plano de Metas Compromisso Todos pela Educação. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2007/decreto/d6094.htm, acessado em 11 de maio de 2015.

CANO, Ignácio e SANTOS, Nilton. Violência letal, renda e desigualdade no Brasil. 2ª ed. Rio de Janeiro: 7Letras, 2007, 96 p.

COELHO, Lígia Martha. (org.). Educação integral: história, políticas e práticas. Rio de Janeiro: Rovelle, 2013, 328 p.

__________. e HORA, Dayse. Políticas públicas de educação integral em jornada escolar ampliada e trabalho educativo: docência questionada ou precarização do trabalho docente? In: COELHO, Lígia Martha (org.). Educação integral: história, políticas e práticas. Rio de Janeiro: Rovelle, 2013, p. 204-224.

COUTO, Lúcia; SANCHES, Ana Lucia; RAMOS, Sonia. Com mais, a criança faz muito: experiência da rede municipal de Diadema (SP). In: MOLL, Jaqueline (org.). Caminhos da educação integral no Brasil: direito a outros tempos e espaços educativos. Porto Alegre: Penso, 2012, p. 424-433.

GRAMSCI, Antonio. Cadernos do cárcere, volume 3: Maquiavel – Notas sobre o Estado e a política. 5ª ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2012, 432 p.

INEP/MEC. Microdados do Censo Escolar. Brasília: 2014. Disponível em: http://download.inep.gov.br/microdados/micro_censo_escolar_2014.zip. Acessado em: 18 jan., 2016.

KAVAI, Sandra Helena. O Programa Mais Educação em Duque de Caxias/RJ: analisando uma política de ampliação escolar. 2013. 126 p. Dissertação de Mestrado em Educação. PPGE, UFRJ, Rio de Janeiro, 2013.

LEHER, Roberto. 25 anos de educação pública: notas para um balanço do período. In: GUIMARÃES, Cátia (org.). Trabalho, educação e saúde: 25 anos de formação politécnica no SUS. Rio de Janeiro: EPSJV, 2010, p. 29-72.

MARTINS, André Silva. A direita para o social: a educação da sociabilidade no Brasil contemporâneo. Juiz de Fora/MG: Editora UFJF, 2009, 279 p.

MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO (MEC). Documento elaborado pelo MEC orienta gestores de escolas. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=19212:documento-elaborado-pelo-mec-orienta-gestores-das-escolas&catid=211. Acesso em: 16 ago., 2015.

MELO, Marcelo e FALLEIROS, Ialê. Reforma da aparelhagem estatal: novas estratégias de legitimação social. In: NEVES, Lúcia. (org.). A nova pedagogia da hegemonia: estratégias do capital para educar o consenso. São Paulo: Xamã, 2005, 312 p.

MOLL, Jaqueline et alli. Caminhos da educação integral no Brasil: direito a outros tempos e espaços educativos. Porto Alegre: Penso, 2012, 504 p.

NEVES, Lúcia. Determinantes das mudanças de conteúdo das propostas educacionais no Brasil dos anos 90: período Itamar Franco. In: NEVES, Lúcia (org.). Educação e política no limiar do século XXI. 2ª ed. Campinas, SP: Autores Associados, 2008, p. 5-58.

OLIVEIRA, Dalila. A reestruturação do trabalho docente: precarização e flexibilização. Educação e Sociedade, Campinas, vol. 25, n. 89, p. 1127-1144, set. dez., 2004.

PENNA, Maura. Educação musical e educação integral: a música no Programa Mais Educação. Revista da ABEM, Londrina, v. 19, n. 25, p. 141-152, jan. jun. 2011.

PINTO SANTOS, Claudia e CARLOS VIEIRA, Roberto. Reflexão sobre o Programa Mais Educação na rede estadual de ensino da Bahia. In: MOLL, Jaqueline et alli. Caminhos da educação integral no Brasil: direito a outros tempos e espaços educativos. Porto Alegre: Penso, 2012, p. 336-344.

POULANTZAS, Nicos. O Estado, o poder, o socialismo. 3ª ed. Rio de Janeiro: Ed. Graal, 1985, 307 p.

SAVIANI, Demerval. O Plano de Desenvolvimento da Educação: análise do projeto do MEC. Educação e Sociedade. Campinas, vol. 28, n. 100 – Especial, p. 1231-1255, 2007.

SEB/MEC. Manual operacional de educação integral. Brasília, DF, 2014.

SIOPE/FNDE. Relatório Resumido de Execução Orçamentária (Duque de Caxias). Brasília: 2014. Disponível em: https://www.fnde.gov.br/siope/relatorioRREOMunicipal2006.doc Acessado em: 10 jan., 2016.

SMEDC. Manual do Mais Escola. Duque de Caxias, RJ, 2012.

SOUZA, Marlúcia Santos de. Escavando o passado da cidade: história política da Cidade de Duque de Caxias. Duque de Caxias, RJ: APPH-CLIO, 2014, 228 p.




DOI: http://dx.doi.org/10.29404/rtps-v1i1.3174

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Grupo de Pesquisas Sobre Trabalho, Política e Sociedade (GTPS)

Rua Savero José Bruno, S/N – Moquetá – Nova Iguaçu – RJ – CEP: 26285-021
URL:  http://trabalhopoliticaesociedade.blogspot.com.br/ 
E-mail: rtps@ufrrj.br