APRESENTAÇÃO DO DOSSIÊ: “REFORMA GERENCIAL E NOVOS DESAFIOS PARA A GESTÃO DO TRABALHO ESCOLAR”

José dos Santos Souza

Resumo


Texto de apresentação do Dossiê Temático intitulado "Reforma gerencial e novos desafios para a gestão do trabalho escolar". Parte do pressuposto de que vivenciamos ampla reforma do Estado que combina reconfiguração de mecanismos de mediação do conflito de classes com implantação de renovado modelo gerencial de administração pública, pautado na competitividade e na racionalização de recursos materiais e humanos como critério de qualidade para o serviço público. Argumenta que, nessa mesma perspectiva, mudanças substantivas vêm sendo promovidas pelos governos para garantir qualidade e produtividade do trabalho escolar, tendo no novo modelo gerencial sua referência, impondo nova dinâmica à gestão do trabalho e da produção escolar, o que merece análises mais aprofundadas. A partir da introdução de um quadro teórico capaz de fundamentar uma análise do impacto dessas mudanças, tomando como referência empírica o novo modelo de gestão educacional implementado por inúmeros governos estaduais e governo federal, o texto apresenta cada um dos artigos que compõem o dossiê temático.


Palavras-chave


Recomposição Burguesa; Reforma do Estado; Gerencialismo; Gestão Escolar.

Texto completo:

PDF

Referências


ALVES, Giovanni. O Novo (e precário) Mundo do Trabalho: reestruturação produtiva e crise do sindicalismo. São Paulo: Boitempo, 2000. 365 p.

ANTUNES, Ricardo. Os exercícios da subjetividade: as reificações inocentes e as reificações estranhadas. Caderno CRH, Salvador, v. 24, n. espec. 01, p. 121-131, 2011.

______. Os Sentidos do Trabalho: ensaio sobre a afirmação e a negação do trabalho. 3ª Edição. São Paulo: Boitempo, 2000. 258 p.

CHESNAIS, François. A Mundialização do Capital. São Paulo: Xamã, 1997. 335 p

DRUCK, Graça. Trabalho, precarização e resistências: novos e velhos desafios? Caderno CRH, Salvador, v. 24, nº espec. 01, p. 37-57, 2011.

______; FRANCO, Tânia. Trabalho e precarização social – Introdução. Caderno CRH, Salvador, v. 24, n. espec. 01, p. 9-13, 2011

FERNANDES, Rita de Cássia P. Precarização do trabalho e os distúrbios musculoesqueléticos. Caderno CRH, Salvador, v. 24, n. espec. 01, p. 155-170, 2011.

FRANCO, Tânia. Alienação do trabalho: despertencimento social e desrenraizamento em relação à natureza. Caderno CRH, Salvador, v. 24, n. espec. 01, p. 171-191, 2011.

FRIEDMAN, Milton. Capitalismo e liberdade. Tradução de Luciana Carli. 2ª Ed. São Paulo: Nova Cultural, 1985. 187 p.

GUIMARÃES, Iracema Brandão. Periferias e territórios sob efeitos conjugados da precarização: algumas tendências. Caderno CRH, Salvador, v. 24, n. spe 01, p. 89-104, 2011.

HARVEY, David. Condição pós-moderna. 14ª edição. São Paulo: Loyola, 1992. 349 p.

HIRATA, Helena. Tendências recentes da precarização social e do trabalho: Brasil, França, Japão. Caderno CRH, Salvador, v. 24, nº. espec. 01, p. 15-22, 2011.

KESSELMAN, Donna. Trabalho precário e precarização institucional nos Estados Unidos. Tradução de Patrícia C. R. Reuillard. Sociologias, Porto Alegre, Ano 12, nº 25, p. 66-100, set./dez. 2010.

LEMOS, Denise. Trabalho docente nas universidades federais: tensões e contradições. CADERNO CRH, Salvador, v. 24, nº. Especial 01, p. 105-120, 2011.

MACEDO, Jussara Marques (2011). A mundialização do capital e seus reflexos nas políticas de formação de professores no período 1990-2010. Niterói, RJ: 2 v. (494 f.). Tese [Doutorado em Educação] – Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal Fluminense, 2011.

MATTOS, Valéria de Bettio; BIANCHETTI, Lucídio. Educação continuada: solução para o desemprego? Educação e Sociedade, Campinas, v. 32, nº 117, p. 1167-1184, out.-dez./2011.

MATTOSO, Jorge Eduardo Levi. A Desordem do Trabalho. São Paulo: Página Aberta: Escrita, 1995. 210 p.

MELLO, Guiomar Namo de. Cidadania e competitividade: desafios educacionais do terceiro milênio. 10ª Ed. São Paulo: Cortez, 2005. 204 p.

MÉSZÁROS, István. O emprego no desenvolvimento da nação. São Paulo: Boitempo, 2008. 240 p.

______. Para além do capital. Tradução de Paulo César Castanheira e Sérgio Lessa. São Paulo: Boitempo; Campinas (SP): Editora da UNICAMP, 2002. 1102 p.

POCHMANN, Márcio. O Emprego na Globalização. São Paulo: Boitempo Editorial, 2001. 152 p.

ROSENFIELD, Cinara Lerrer. Apresentação. Sociologias, Porto Alegre, ano 12, nº 25, p. 14-31, set./dez. 2010.

SENNETT, Richard. A corrosão do caráter. Rio de Janeiro: Record, 2004. 204 p.

THEBAUD-MONY. Annie. Precarização social do trabalho e resistências para a (re) conquista dos direitos dos trabalhadores na França. Caderno CRH, Salvador, v. 24, nº espec. 01, p. 23-35, 2011.




DOI: http://dx.doi.org/10.29404/rtps-v1i1.3298

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Grupo de Pesquisas Sobre Trabalho, Política e Sociedade (GTPS)

Rua Savero José Bruno, S/N – Moquetá – Nova Iguaçu – RJ – CEP: 26285-021
URL:  http://trabalhopoliticaesociedade.blogspot.com.br/ 
E-mail: rtps@ufrrj.br