A PRÁXIS POLÍTICA COMO ATIVIDADE FORMATIVA DOS TRABALHADORES DA PESCA DA COLÔNIA Z-16 DE CAMETÁ-PA

Egídio Martins, Adenil Alves Rodrigues, Valdiléia Carvalho da Silva

Resumo


O presente artigo é parte de resultado de pesquisa do doutorado da linha Políticas Públicas Educacionais do Programa de Pós-Graduação em Educação do Instituto de Ciências da Educação da Universidade Federal do Pará. Pautou-se no materialismo histórico dialético, tendo uma abordagem qualitativa, com ênfase en estudo de caso. Coletaram-se os dados por meio da entrevistas semiestruturadas e análise documental. O tratamento dos dados seguiu as orientações da análise de conteúdo. A práxis política dos pescadores da Z-16 é construída a partir da organização socioeconômico, político e formativo ao longo do processo histórico, materializada no cotidiano das relações interna e externa da entidade. São ações que possibilitam os pescadores garantirem suas subsistências, ao mesmo tempo em que se contrapõem à lógica da classe dominante.

Palavras-Chave: Práxis política – produção-formação – fração de classe.


Palavras-chave


Práxis política; Trabalho e Educação; Classe Social.

Texto completo:

PDF

Referências


BOTTOMORE, Tom (org.). Dicionário do Pensamento Marxista. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2012.

EVANGELISTA, Olinda. Apontamentos para o Trabalho com Documentos de Política Educacional. In: ARAUJO, Ronaldo e RODRIGUES, Doriedson (Orgs.). A Pesquisa em Trabalho, Educação e Políticas Educacionais. Campinas: Alínea. 2012.

GADOTTI, Moacir. Concepção dialética da educação: um estudo introdutório. 9ª. –São Paulo, Cortez, 1995.

GRAMSCI, A. Os Intelectuais e a Organização da Cultura. 4º ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1988.

________, Introdução à filosofia da práxis. 29ª ed. Lisboa: Antídoto, 1978.

________, O leitor de Gramsci: escritos escolhidos. Carlos Nelson Coutinho (Org). -Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2011.

GOHN, Maria da Glória. Movimentos Sociais e Educação. 8º ed. São Paulo: Cortez, 2012.

GUTIÉRREZ, Francisco. Educação como práxis política. Tradução de Antonio Negrino.-São Paulo: Summus, 1988.

HARNECHER, Marta. Os conceitos elementares do materialismo histórico. 2º ed. São Paulo. Global editora, 1983.

KONDER, Leandro. O futuro da filosofia das práxis: o pensamento de Marx no século XXI. Rio de Janeiro, 1992.

MARX, Karl. Contribuição à crítica da economia política. 2ª.ed.- São Paulo: Expressão Popular, 2008.

________. Manuscritos Económico-Filosóficos. 5ª ed. São Paulo: Boitempo, 2010.

________. Crítica do Programa de Gotha. Seleção, tradução e notas Rubens Enderle. - São Paulo: Boitempo, 2012.

________. O Capital: crítica da economia política. São Paulo: Boitempo, 2013.

________. Lutas de Classes na Rússia. LÖWY, Michael (Org). Tradução Nélio Schneider. 1.ed. São Paulo: Boitempo, 2013.

MARX, K. e ENGELS F. A Ideologia Alemã. 1º ed. São Paulo: Expressão popular, 2009.

MANACORDA, Mario Alighiero. O princípio educativo em Gramsci: americanismo e conformismo. Tradução de William Laços. Campinas São Paulo: Editora Alínea, 2013.

MÉSZÁROS, István. A educação para além do capital. Tradução de Isa Tavares. São Paulo: Boitempo, 2005.

RODRIGUES, Doriedson do Socorro. Saberes sociais e luta de classe: um estudo a partir da Colônia de Pescadores Artesanais Z-16-Cametá/Pará. 2012. 337f. Tese (Doutorado em Educação) Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGED)-Universidade Federal do Pará, Belém, 2012.

SMITH, Adam. Investigação sobre a natureza e as causas da riqueza das nações. Tradução de Luiz João Baraúna. - 3.ed. São Paulo: Nova Cultura, 1988.

THIOLLENT, Michel. Crítica metodológica, investigação social e enquete operária. São Paulo: Polis, 1985.

THOMPSON, E. P. A formação da classe operária inglesa, 1: a árvore da liberdade. Tradução de Denise Bottmann. 6º ed. São Paulo: Paz e Terra, 2011.

________. A formação da classe operária inglesa, 2: a maldição de Adão. Tradução de Renato Busatto Neto e Claudia Rocha de Almeida. 2º ed. São Paulo: Paz e Terra, 2012.

VÁZQUEZ, Adolfo Sánchez. Filosofia da Práxis. 2ª ed.- Buenos Aires: Consejo Latinoamericano de Ciências Sociais-Clacso: São Paulo: Expressão Popular, 2011.




DOI: http://dx.doi.org/10.29404/rtps-v3i4.3622

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Grupo de Pesquisas Sobre Trabalho, Política e Sociedade (GTPS)

Rua Savero José Bruno, S/N – Moquetá – Nova Iguaçu – RJ – CEP: 26285-021
URL:  http://trabalhopoliticaesociedade.blogspot.com.br/ 
E-mail: rtps@ufrrj.br